Um grafite para quebrar o recorde

 Publicado por Nosso Quintal    1 de outubro de 2019.

Um grafite com mais de 10 mil metros quadrados – e potencial para entrar para o Guinness Book, o livro dos recordes, como o maior mural do mundo – deve ser inaugurado no próximo carnaval na região da República, no centro da capital paulista.

Batizada de Aquário Urbano, a intervenção começou a ser grafitada há três meses e vai ocupar as empenas cegas, as paredes laterais de edifícios que não têm janelas, de 15 prédios entre as ruas Major Sertório e a Bento Freitas.

“O objetivo é chamar atenção para o tema do clima e do consumo exagerado que gera uma quantidade de embalagens desnecessária. Essa obra está tratando um pouco dessa relação com a natureza e fala também da relação do homem com a cidade”, explica o ativista e produtor cultural Kleber Pagú.

O projeto é uma parceria de Pagú com o artista Felipe Yung, o Flip, que trabalha com temas marinhos e já teve seus grafites em galerias e ruas de Madri, Barcelona, Los Angeles, Londres, Paris e Tóquio.

Segundo o produtor cultural, a obra vai contar ainda com a possibilidade de visualização em 360 graus com o uso de óculos de realidade virtual.

“As pessoas vão poder baixar o aplicativo e ter acesso a vídeos, livreto explicativo e ver a obra de onde elas estiverem. É um aquário sem nenhum peixe em cativeiro”, explica.

Segundo Pagú, há um movimento artístico de tomar as empenas dos prédios, como as que serão ocupadas pela intervenção na República. O produtor cultural, que já atuou com murais do gênero com o grafiteiro Eduardo Kobra, diz que o investimento para essa intervenção gira em torno de R$ 4 milhões e que o carnaval do próximo ano foi o período escolhido para a inauguração.

“O projeto é independente e começou há dois anos e oito meses. Começamos a pintura há três meses. A previsão é de ficar pronto no carnaval de 2020, quando a cidade está na rua, com milhões de pessoas circulando por São Paulo.”

Itapevi

Em 2017, Kobra estabeleceu o recorde mundial com um mural que tinha 5.742 metros quadrados na parede de uma fábrica de chocolates em Itapevi, na região metropolitana de São Paulo.

Nosso Quintal
 
Portal de notícias sobre cultura e iniciativas realizadas em Marília e região.
Outros Artigos
Desenvolvido por