Marilienses são selecionadas para Paraty em Foco 2019

 Publicado por Nosso Quintal    20 de setembro de 2019.

As fotógrafas Luciana Crepaldi e Paula Mello e o fotógrafo Victor Garcia foram selecionados para compor a 15ª edição do “Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco”, no Rio de Janeiro, que iniciou na quarta-feira (18) e segue até domingo, 22.

Nesta edição, o Festival tem como tema as “Migrações” e busca, uma vez mais, afirmar-se como “Um Evento para Todos os Olhares”, dando espaço às várias vertentes da expressão fotográfica. 

As marilienses e o mariliense selecionados encaminharam trabalhos distintos que expressam parte de suas obras desenvolvidas na cidade. Com longa trajetória em Marília, o trio carrega uma bagagem expressiva com muitos trabalhos e exposições realizadas.

Ao todo 29 trabalhos de fotógrafos do país e dois da Argentina foram selecionados. Entre as cidades estão Marília (SP), Osasco (SP), São Paulo (SP), Brasilia (DF), Fortaleza (CE), Florianópolis (SC), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Niterói (RJ), Aracaju (SE), Cachoeirinha (RS), Porto Alegre (RS), São Miguel de Tucumán (ARG) e Buenos Aires (ARG).

O Festival Paraty em Foco é voltado exclusivamente aos autorretratos criativos e trata-se do mais antigo festival de fotografia em atividade ininterrupta do Brasil. A iniciativa é um dos principais eventos turísticos de Paraty.

Autoretrato de Victor Garcia (Foto: Victor Garcia)

Todas as selfies escolhidas podem ser vistas pelo site do Festival [Clique aqui]. O evento foi idealizado pelo ítalo-brasileiro Giancarlo Mecarelli, que se mudou para Paraty em 2002, fundando a Galeria Zoom de Fotografia.

Migrações

O Paraty em Foco 2019 tem a fotógrafa Claudia Andujar como Homenageada do Ano. Nascida na Suíça, em 1931, ela chegou em 1955 ao Brasil, após perder grande parte de sua família na Segunda Guerra Mundial. Aqui estabelecida, sentiu-se atraída pela vida e a causa dos povos indígenas, que sofriam e até hoje sofrem um extermínio lento, com a paulatina migração do homem branco, o avanço do desmatamento e da grilagem, da mineração, das madeireiras e da agricultura de exportação. Sua obra é um alerta permanente contra essa condição.

Outro convidado já confirmado é Orlando Azevedo, açoriano de nascença, brasileiro por escolha. Vivendo em Curitiba, onde atua como agitador cultural, ele soube traduzir em fotos, por meio de um trabalho minucioso, o Coração do Brasil, território múltiplo e mestiço, formado por todos os tons de pele, do caboclo ao imigrante e o nativo.

Nosso Quintal
 
Portal de notícias sobre cultura e iniciativas realizadas em Marília e região.
Outros Artigos
Desenvolvido por