Exposição sobre literatura dentro das prisões revela trabalhos de detentos

 Publicado por Nosso Quintal    26 de setembro de 2019.

Os visitantes do Parque Villa-Lobos, na zona Oeste de São Paulo, poderão conferir de perto, até o dia 20 de outubro, a exposição “Libertas: leitura e literatura nas prisões”, na biblioteca pública instalada dentro do local. A mostra, aberta de terça a domingo, das 9h30 às 18h30, conta com trabalhos desenvolvidos por pessoas presas atualmente e também egressos do sistema prisional.

Ao todo, serão três ambientes para visitação: “Cárcere e a Literatura”, “Literatura no Cárcere” e, por fim, as “Políticas de Livro, Literatura e o Sistema Prisional”. Serão expostas obras literárias e resenhas feitas pelos detentos.

Durante a visitação, o público contará com o auxílio de monitores que são estudantes e pesquisadores universitários, além de pessoas presas no regime semiaberto e ex-detentos. A iniciativa é do Fórum Cultura, Trabalho e Cidadania e Fundação Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel” (Funap), vinculada à Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), por meio da Coordenadoria de Reintegração Social e Cidadania.

Nos dias 28 de setembro e 6 de outubro, serão disponibilizadas visitas guiadas e rodas de conversa, às 14h, quando serão abordados aspectos sobre mediação de leitura voltada a grupos vulneráveis, diversidade na literatura e remição de pena pela leitura. Crianças a adultos poderão participar.

Serviço

Exposição ‘Libertas: leitura e literatura nas prisões’

Quando: Até o dia 20 de outubro, de terça a domingo, das 9h30 às 18h30.

Onde: Biblioteca Parque Villa-Lobos

Endereço: Avenida Queiroz Filho, 1205, Alto de Pinheiros (mezanino)

Nosso Quintal
 
Portal de notícias sobre cultura e iniciativas realizadas em Marília e região.
Outros Artigos
Desenvolvido por