Como Limpar o Seu Disco de Vinil

 Publicado por Filipe Touca    18 de novembro de 2016.

Nas indas e vindas do garimpo de discos de vinil sempre encontram-se grandes obras, mas muitas vezes em condições bem sujas. Além disso, muito dos nossos discos que estão guardados há um tempo passam a pular em partes que não pulavam antes, e muitas vezes isso é ocasionado pelo acúmulo de sujeira. Sim! Seu disco necessita ser limpado de tempo em tempo para conservar sua duração e sua qualidade sonora. O grande problema é que muitas pessoas deixam de limpar seus discos por não saberem como fazer da melhor forma e com medo de estragar suas bolachas, nesse sentido, vamos mostrar algumas formas para solucionar esse problema.

Antes de tudo é importante deixar claro que independente da forma que você escolher realizar a limpeza da sua bolacha, você deve ter em mente que estará lidando com um produto sensível e que exige delicadeza, desde o manuseio até o processo de limpeza e secagem, afinal de contas, qualquer movimento brusco ou pancada pode gerar riscos ou até mesmo a quebra do vinil.

Água e Detergente

a1

O método mais simples, e do qual particularmente utilizo, é aquele que tem como base da limpeza o uso de água e detergente. Nesse processo você utilizará: Água; Detergente Neutro; Algodão (ou Esponja Ultra-Macia); Escorredor de Pratos; Toalha Felpuda (ou Pano de Microfibra Ultra-Macio).

Primeiramente deve-se colocar o vinil de baixo da aguá corrente de uma torneira tomando cuidado para não molhar diretamente o selo (sim, você vai molhar um pouco ele, mas não vai ser o suficiente para descola-lo, mas caso tenha medo, pode usar um protetor de selo). Em seguida, deve-se pingar um pouco, POUCO, de detergente sobre o vinil, e lembre-se, sempre usar detergente NEUTRO. Depois é só utilizar o algodão ou a esponja (ultra-macia) para espalhar o detergente, sempre no sentido CONTRARIO a leitura da agulha. Fazer tal processo nos dois lados do vinil. Após passar o detergente dos dois lados, volte o vinil pra água corrente até certificar que todo o detergente foi retirado. Certificado isto, coloque-o no escorredor de pratos.

Após secar os discos no escorredor de pratos, utilize a toalha felpuda ou o pano de microfibra (ultra macio) para finalizar a limpeza do disco, novamente, passando-o no sentido CONTRARIO ao da leitura da agulha.

Álcool Isopropílico 

a2

Antes de mais nada, tal método de limpeza deve ter algumas observações antes. Primeiramente, se você tem alergia ao álcool isopropílico, utilize o método anterior. Além disso, nunca utilize esse método para discos de goma-laca de 78rpm. E por fim, em todo o processo de limpeza se recomenda a utilização de luvas de borracha.

Para esse processo você vai precisar de: Água; Álcool Isopropílico; Detergente; Algodão; Fresco Com Borrifador; Escorredor de Pratos. Primeiramente você deve fazer a mistura da água com o álcool no borrifador na seguinte proporção (metade de água, metade de álcool isopropílico e meia colher de sopa de detergente). Feche o fraco e agite bem. Coloque o disco de vinil sobre uma superfície plana e limpa, em seguida borrifar a mistura sobre um lado do disco, e em seguida, no sentido CONTRARIO ao da leitura passe o algodão até toda a mistura sumir. Em seguida, repetir o mesmo processo do outro lado.

Por fim, deixe o disco no escorredor de pratos para secar, e se achar necessário, passe um pano de microfibra ultra macio, novamente, no sentido CONTRARIO ao da leitura da agulha.

PHK

a4

Ainda não tive oportunidade de utilizar tal máquina, mas ela tem sido objeto de grande destaque e de muitos elogios entre os amantes do vinil. Girando em torno dos 400 reais, a PHK é uma máquina artesanal que promete fazer todo o processo de limpeza do vinil. Como mostra no vídeo demonstrativo:

link para compra: http://maquinaphk.xpg.uol.com.br/inicio.html

Filipe Touca
 
Estudante de Ciências Sociais, cristão, esquerdista, colecionador de vinil e amante das artes - "Só existe dois gêneros de música: música boa e música ruim".
Outros Artigos
Desenvolvido por