Arte, Cultura, Entretenimento e Informação

Lucas Arruda: ‘Solar’

fvr100-front      Um raio atravessando os céus de um dia claro é a imagem que a sonoridade de Solar invoca. Neste ultimo disco, Lucas Arruda compõe uma tapeçaria chinesa de variados timbres, gêneros e tempos. E o tempo é um aspecto que salta aos olhos neste disco. Lucas Arruda preferiu usar todo equipamento de Mixagem e Masterização dos anos 60 e 70 que conferem um brilho único e alta sofisticação ao trabalho. Soul, Funk, Jazz, Samba, Bossa e muitos outros estilos estão presentes neste experimento alquímico e proporcionam a profunda sensação de conforto e claridade mas também de potência, de contundência. Seja dia ou noite, esse disco já é um raio de sol iluminando a discoteca básica brazuca. Evoé, jovens a vista.

Imprimir

Comentários