Arte, Cultura, Entretenimento e Informação

Galeria de Fotos [spacer height="20px"] [Best_Wordpress_Gallery id="2" gal_title="Ensaio Pedro 1"] [spacer height="20px"] Por: Pedro Pellegrino

- Alô? - Gostaria de falar com o seu Madraço por favor ? - Amigão, desculpe mas o senhor madraço já faleceu. -Ah já ? O senhor é parente dele senhor ? Meus sentimentos. - Fique tranquilo querido, está tudo bem. Agora preciso ir. Sr Madraço desliga o telefone desfazendo

Vinha andando assustado. Quase ralando os ombros na parede de grafiato de uma casa. Nitidamente estava com raiva. Mas o medo já havia ultrapassado o limite da sanidade. Enquanto se esgueirava e andava o mais rápido que podia começou a ouvir um som que vinha de dentro

- Eliseu! - Oi. - Vem cá. - Que foi? - Me ajuda a pôr ele na entrada. Sueli se abaixou e puxou o papai-noel pela base enquanto Eliseu segurou o tronco do boneco. - Aqui ‘tá’ bom, de lado pra porta, como sempre. - Ok. Passaram alguns segundos observando o boneco da

Ela foi chegando e se desvencilhando de sua armadura. Jogou o celular na mesa. E se atirou no sofá. Ainda estava ofegante. Queria tirar a blusa, dentro de casa estava quente. Ficou com preguiça e calor ! Ligou a tv. Selecionou o canal de música. A janela tinha ficado aberta. Escolheu o

Não há helicóptero, o cerco começa pela mata, são carros comuns e homens à paisana pelo asfalto, com pontos no ouvido e pistolas. Lá dentro, dois irmãos. O rapaz do samba no Bar do Batuque cozinhava um ovo e revisava, na memória, aquela do Donga

Nas indas e vindas do garimpo de discos de vinil sempre encontram-se grandes obras, mas muitas vezes em condições bem sujas. Além disso, muito dos nossos discos que estão guardados há um tempo passam a pular em partes que não pulavam antes, e muitas vezes

Francisco Buarque de Hollanda dispensa apresentações, artista, filho das “Raízes do Brasil” e neto de “dicionário”, faz parte da configuração da música brasileira na segunda metade do século XX e está no rol dos melhores letristas contemporâneos do planeta, mas, nós brasileiros, costumamos saber menos sobre

      Um raio atravessando os céus de um dia claro é a imagem que a sonoridade de Solar invoca. Neste ultimo disco, Lucas Arruda compõe uma tapeçaria chinesa de variados timbres, gêneros e tempos. E o tempo é um aspecto que salta aos olhos neste